| Notícias gerais | Por: SINPAF

A votação do projeto de lei do Senado (PLS) 555 foi adiada novamente nesta quarta, 9, após pressão das entidades que defendem as empresas públicas brasileiras.  A nova votação do PLS 555 está marcada para 15 de março.

A forte mobilização, que teve início no ano passado, já conseguiu a prorrogação por cinco vezes, além de forçar mudanças no texto original a partir da elaboração de um substitutivo e, mais recentemente, da entrada do governo federal nas negociações para tentar elaborar um acordo.

A terceira versão do projeto, que mescla o substitutivo com o original, não foi ainda oficialmente apresentada.

Para as categorias sindicais, os pontos críticos do PL são os itens extremamente privatistas, como é o caso da transformação das empresas públicas em sociedades anônimas ou do impedimento de que trabalhadores participem da direção das empresas.

 

Projetos que retiram direitos dos trabalhadores

A pauta da classe trabalhadora não anda nada bem no governo e muito menos no Congresso Nacional. As propostas são sempre com objetivos de atacar os direitos os trabalhadores, como:

– PLS 555/15 que permite a privatização das empresas estatais

– Estatuto e composição societária que permite a perseguição aos dirigentes sindicais;

– Mudança na Governança dos Fundos de Pensão (PLS 388), que inclusive acaba de ser aprovado na CCJ e vai direto para votação no Plenário;

– PL 131 que privatiza o Pré-sal, aprovado do Senado e já está tramitando na Câmara sob ameaça de piorar ainda mais o que já foi aprovado de ruim no Senado, além de outros.

 

Trabalhadores mobilizados

A orientação da Diretoria Nacional é que todas as Seções Sindicais do SINPAF ampliem as ações nos Estados e municípios, conversando com senadores, governadores e deputados locais, pressionando tanto parlamentares quanto representantes do governo.

De acordo com Julio Guerra, presidente do SINPAF, “fortalecer o movimento e debater o PLS 555 com a base é imprescindível nesse momento. Foi essa pressão que fizemos que garantiu o adiamento da votação até agora e mudanças no texto original. Por isso temos que intensificar cada vez mais nossas ações”, ressalta.

| Notícias gerais | Por: SINPAF

Diante do risco do PLS 555 que privatiza as empresas estatais entrar novamente em pauta para votação nesta quarta-feira (9), o SINPAF e demais categorias sindicais vão intensificar as mobilizações no Senado Federal, a partir das 12h.

Na tarde de ontem (8), foram realizadas reuniões entre governo, senadores do PT e um dos autores do projeto, Tasso Jereissati (PSDB-CE), para negociar o texto do PLS 555.

Existem ao menos cinco ou seis pontos principais que desestruturam completamente as empresas estatais, transformando-as em sociedades anônimas e que retiram dos trabalhadores espaços de poder, como conselhos e afins.

Outro absurdo previsto no projeto é a proibição da participação de dirigentes sindicais e filiados a partidos políticos no Conselho de Administração das empresas públicas, reduzindo a capacidade de fiscalização dos trabalhadores nas empresas.

| Notícias gerais | Por: SINPAF

A Diretora de Saúde do Trabalhador da Seção Sindical Parnaíba, Francisca Cardoso, promoveu no final do mês passado, para os trabalhadores da unidade, uma palestra com o tema “Conflito: uma ameaça ou uma oportunidade?”.

O evento foi ministrado pela Drª. Sandra Freire, professora da Universidade Federal do Piauí e Doutora em Psicologia Social pela Universidade Federal da Paraíba.

A programação faz parte do calendário de eventos da Seção Sindical para o ano de 2016.

| Notícias gerais | Por: Vânia Ferreira

Os diretores regionais do SINPAF estão reunidos hoje (23/11), em Brasília, para planejar a programação das Plenárias Regionais, a serem realizadas a partir de março de 2017.

Em breve, a Diretoria Nacional divulgará o edital para eleição dos delegados, para o qual solicitamos a atenção de todos os presidentes das Seções Sindicais, a fim de cumprirmos os prazos.

 

Veja o calendário:

 

 

Receba notícias direto em seu e-mail:
assine nosso informativo

Fale conosco