Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário

Outubro Rosa: mulheres conscientes, firmes e fortes!

4 de outubro de 2016

Outubro marca o mês da luta contra o câncer de mama. Criado no início da década de 90 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure, várias entidades no mundo, inclusive o SINPAF, integram as comemorações do Outubro Rosa, em prol de mobilizações para o diagnóstico precoce da doença.

Um em cada três casos de câncer pode ser curado se for descoberto logo no início, segundo a Organização Mundial da Saúde. Por isso, é preciso desfazer crenças sobre o câncer, para que a doença deixe de ser vista como uma sentença de morte ou um mal incurável e inevitável.

Alguns tipos de câncer, entre eles o de mama, apresentam sintomas e sinais na fase inicial. Descobertos cedo podem ser tratados a tempo. A detecção precoce ajuda a reduzir a mortalidade e traz melhores resultados no tratamento.

Ainda de acordo com a OMS, o câncer de mama é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres em todo o mundo, tanto em países em desenvolvimento quanto em países desenvolvidos, e representa cerca de 25% de todos os tipos de câncer diagnosticados nas mulheres. Esse é segundo câncer mais comum entre as brasileiras, logo atrás do câncer de pele.

Não há uma causa única para câncer de mama. Diversos são os fatores que estão relacionados à doença, como: envelhecimento, determinantes relacionados à vida reprodutiva da mulher, história familiar de câncer de mama, consumo de álcool, excesso de peso, sedentarismo e exposição à radiação.

Prática de atividade física, alimentação saudável e manutenção do peso corporal estão associadas a um menor risco de desenvolver a doença. Cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados quando são adotados esses hábitos.

Leia mais