SINPAF dialoga com Ministra Tereza Cristina sobre o orçamento da Embrapa

SINPAF dialoga com Ministra Tereza Cristina sobre o orçamento da Embrapa

Por: Diretoria Nacional | | Notícias gerais

Os esforços do SINPAF para conseguir um orçamento digno e compatível com as atribuições da Embrapa continuam a todo vapor. Para isso, o Sindicato tem feito articulações e dialogado com parlamentares de diferentes bancadas e siglas partidárias.

No final desta quarta-feira (7/3), o SINPAF foi convidado pelo deputado Afonso Florence (PT-BA) para uma audiência com a Ministra Tereza Cristina, com o objetivo de discutir o orçamento da Embrapa. Também esteve presente na reunião o presidente da Embrapa, Celso Moretti.

Para o presidente do SINPAF, Marcus Vinícius Vidal, “nessa conversa ficou claro que há uma agenda comum entre as partes que é a valorização da empresa, do seu caráter público, estratégico e da garantia de sua continuidade e seu pleno funcionamento.

“Apesar de existirem posicionamentos diferentes das partes em torno de várias temáticas, o que é natural tendo em vista a missão de cada organização, temos elementos comuns dessa agenda que é a luta para garantir um orçamento adequado para a Embrapa e, na sequência, a articulação para evitar eventuais contingenciamentos dos valores orçamentários aprovados”, afirmou o presidente.

O encontro abre um importante espaço para o Sindicato. Diante das dificuldades apontadas pelo SINPAF para conseguir uma interlocução com a Gestão Moretti, a ministra se posicionou como pessoa acessível e disposta à resolução de conflitos por meio do diálogo. Tereza Cristina enfatizou que o respeito mútuo e a conversa são condições necessárias para avançar, recomendando à diretoria da empresa que trilhe por esse caminho a partir de agora.

Quanto ao orçamento, a representante das trabalhadoras e trabalhadores no Conselho de Administração da Embrapa (Consad), Selma Beltrão, alertou sobre a diminuição dos valores orçamentários executados pela empresa. “Apesar desses valores serem aparentemente crescentes, eles vêm diminuindo consideravelmente quando atualizados pelo INPC, sendo que em 2020, esse valor foi o menor dos últimos dez anos”, destacou Selma.

Na sequência, o pesquisador Mário Urchei, Diretor de Ciência e Tecnologia do SINPAF, apontou à ministra que “os recursos destinados à Embrapa para investimentos caíram de maneira significativa nos últimos anos, o que torna praticamente impossível viabilizar a ampliação e a modernização da empresa para enfrentar os desafios na atual conjuntura de pandemia e de aumento da pobreza e da fome de milhões de brasileiros, sem contar os constantes cortes e contingenciamentos”. Além disso, o Diretor levantou a necessidade de recursos para reposição do quadro de pessoal, tendo em vista o desligamento em virtude do último Plano de Demissão Incentivada (PDI).

O deputado Evair de Melo (PP-ES), também presente na reunião, teceu elogios à Embrapa, destacando que é uma instituição reconhecida e admirada no parlamento, e, por isso, se coloca à disposição para contribuir com o seu fortalecimento e modernização.

Fechando a reunião, a ministra agradeceu aos presentes o interesse e a preocupação com a Embrapa, reafirmando ser a empresa a joia da coroa de sua pasta e enfatizando a disposição para o diálogo.

O presidente do SINPAF, por sua vez, reafirmou que o nosso sindicato, além de defender os interesses e os direitos da categoria, também tem atuado de maneira muito forte para preservar e fortalecer as empresas da base.

Nesse sentido, Marcus Vinícius lembrou que o SINPAF contratou uma Assessoria Parlamentar exatamente para melhorar a interlocução com o Congresso Nacional. Finalizou agradecendo à ministra e aos presentes pela oportunidade da conversa, destacando ainda que é fundamental que esse diálogo seja permanente, inclusive com a direção da Embrapa, a partir dessa orientação da ministra. 

Receba notícias direto em seu e-mail:
assine nosso informativo

Fale conosco