Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário

SINPAF repudia atentados à democracia brasileira

9 de janeiro de 2023

O SINPAF repudia os atos antidemocráticos, realizados por golpistas apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro, que invadiram e depredaram o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal em Brasília neste domingo (8/1).

As ações deste domingo precisam ser nomeadas como o que elas realmente são: atentados terroristas à sociedade brasileira, com intenção de desqualificar os agentes públicos e atrasar a reconstrução do País e o seu desenvolvimento.

Isso não foi apenas vandalismo a prédios e patrimônio públicos ou manifestação realizada por militantes de direita. Tratar dessa forma seria generalizar e demonizar todos aqueles e aquelas que possuem um pensamento e ideologia econômicas e estruturais diferenciadas do campo progressista.

A divergência de ideias é saudável e construtiva para a democracia. Mas não podemos aceitar que ideologias extremistas e fascistas se apoderem e se enraízem no nosso País, por meio das instituições públicas e políticas.

É totalmente contraditório que as liberdades de manifestação de pensamento e reunião sejam usadas como instrumentos de ataque à própria democracia. E, claramente, o tumulto causado na Praça dos Três Poderes foi coordenado por agentes que possuem interesses políticos e ideológicos, e que não aceitam perder espaço e poder, para desestabilizar a democracia brasileira.

O resultado das urnas precisa ser respeitado, pois as eleições de 2022 foram legítimas e o Brasil já segue com o planejamento do novo governo para que os órgãos e instituições públicas sigam realizando suas funções e missões.

Por isso, o SINPAF, que está do lado do Brasil, das empresas públicas, órgãos públicos e, principalmente de seus respectivos empregados e servidores, que trabalham em prol de um País soberano, defende a imediata identificação e punição de todos os indivíduos que apoiaram, financiaram, incentivaram e praticaram os atos criminosos contra a democracia e, consequentemente, contra o Brasil e os brasileiros.

Assinam esta nota, a Diretoria Nacional e as Seções Sindicais:

Norte
Pará
Roraima
Acre
Amapá
Tocantins
Amazonas

Nordeste
Parnaíba
Embrapa Aracaju
Cruz das Almas
Algodão
Caprinos
Embrapa Teresina
Fortaleza
Montes Claros
Bom Jesus da Lapa
Codevasf Aracaju
Penedo
Juazeiro
Codevasf Teresina
Codevasf Petrolina

Sudeste
Agroindústria de Alimentos
Sete Lagoas
São Carlos
Campinas e Jaguariúna
Agrobiologia
Gado de Leite
Solos
Pesagro Niterói

Centro-Oeste
Cerrados
Cenargen
Goiânia
Pantanal
Sinop
Dourados
Embrapa Sede
Campo Grande
Codevasf Sede

Sul
Passo Fundo
Bagé
Londrina
Floresta
Pelotas
Concórdia
Bento Gonçalves

Leia mais