Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário

SINPAF mobiliza-se para retirar da pauta do Consad a proposta de reestruturação da Embrapa

18 de março de 2022

Na tarde desta sexta-feira, 18 de março, o Conselho de Administração da Embrapa (Consad) deve analisar a proposta de reestruturação privatista, apresentada pela Gestão Moretti. Por isso, o SINPAF está mobilizado, desde a manhã, na Sede da empresa, em Brasília, para intervir que a pauta seja retirada da reunião do conselho.

A proposta, que não foi discutida com os trabalhadores e as trabalhadoras, nem com o Sindicato, se for aprovada, vai promover a entrega do patrimônio da empresa aos grupos ligados ao agronegócio e às grandes corporações transnacionais, em detrimento da função social que a Embrapa tem junto à sociedade brasileira desde a sua criação, há quase 49 anos.

Além das faixas fixadas por todas as unidades ao redor da Sede, que alertam as trabalhadoras e os trabalhadores para a situação, a mobilização conta com a participação da Diretoria Nacional e de presidentes de Seções Sindicais localizadas no Distrito Federal, que se articulam para negociar a retirada da proposta da pauta do conselho.

Manifesto

Diversas instituições e organizações ligadas aos pequenos produtores e agricultores familiares lançaram, hoje, 18 de março, um manifesto “Em Defesa da Embrapa Pública e Forte”, no qual fazem uma denúncia sobre o desmonte da empresa. O documento é resultado da audiência pública realizada na última quarta-feira, 16 de março, pela Frente Parlamentar em Defesa da Soberania Nacional na Câmara dos Deputados.

No manifesto, as entidades também se solidarizam com as trabalhadoras e os trabalhadores da Embrapa, “que estão em forte pressão e assédio institucional, sofrendo pressões políticas e o cerceamento da liberdade no desenvolvimento da pesquisa científica.”

Clique aqui e leia o manifesto

Leia mais