Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário

Paralisação dos trabalhadores da Embrapa tem repercussão na mídia nacional

29 de junho de 2016

 

Nesta quarta-feira (29/6), empregados da Embrapa paralisaram as atividades em todas as Unidades da empresa. A categoria reivindicou valorização, reajuste digno e a retomada das negociações do Acordo Coletivo de Trabalho 2016/2017.

A mobilização dos trabalhadores foi positiva, inclusive pela repercussão em diversos veículos nacionais de comunicação (TV, rádio, jornais e blogs). 

A empresa fechou as portas para a negociação e diversas cláusulas econômicas e sociais não foram debatidas à exaustão.  A proposta de 8,28% de reajuste apresentada pela Embrapa, também não contempla a categoria, que pleiteia o IPCA de 9,28% mais o PIB agrícola de 2015 (1,8%).

Melhoria dos benefícios de Auxílio Alimentação e Refeição, Fornecimento de café da manhã, Auxílio Creche/Pré-escola/Babá e Escola, Promoção e Critérios, Jornada Especial para Motoristas e Licença Maternidade e Paternidade também fizeram parte das reivindicações dos empregados.

 

Embrapa tenta intimidar trabalhadores

Durante a mobilização, em Brasília, a empresa acionou várias unidades móveis da Polícia Militar do Distrito Federal para intimidar os empregados que estavam na entrada da sede e enfraquecer o movimento. Contudo, a categoria se mobilizou ainda mais e ocupou o hall de entrada da sede, inclusive almoçaram no local.

Como se não bastasse as diversas formas de intimidação utilizadas pela Embrapa, a empresa também enviou um e-mail para todos os chefes das unidades com ameaça de cortar o ponto dos empregados que participassem da paralisação nacional.

 

Presidente da Embrapa recebe Comissão de Negociação do SINPAF

Após a pressão da categoria e a repercussão na imprensa nacional, o presidente da Embrapa, Maurício Lopes, a diretora Vânia Castiglioni e o chefe da Assessoria Jurídica, Antônio Nilson Rocha, receberam a Comissão Nacional de Negociação do SINPAF (CNN), mas de forma intransigente mantiveram a posição da empresa quanto ao índice de reajuste proposto (8,28%) e o encerramento das negociações das cláusulas sociais.

 

Mediação do Tribunal Superior do Trabalho

Durante a reunião de hoje, a Embrapa aceitou participar da mediação do tribunal, provocada pela Comissão de Negociação do SINPAF. A audiência de intervenção do TST será realizada amanhã (30/6), às 14h.

Data-base da categoria

O processo judicial, impetrado pela Comissão de negociação do SINPAF, foi deferido hoje (29), com a garantia de prorrogação da data-base por mais 30 dias e a retroatividade a 1º de maio.

Leia mais