Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário

Negociação do Acordo Coletivo de Trabalho da Codevasf prossegue sem avanços

9 de junho de 2016

Aconteceu na manhã desta quinta-feira (9/6) a quinta rodada de negociação do ACT 2016/2017 dos trabalhadores da Codevasf. O debate continuou em torno das cláusulas sociais, porém sem nenhum avanço.

A empresa pediu exclusão ou ACT revisando para todas as cláusulas com nova redação apresentada pelo SINPAF, mesmo sem gerar impacto financeiro. O debate de hoje foi sobre auxílio transporte, vale-cultura, progressão salarial, titularidade por função, a situação dos impactados (final de tabela), a necessidade de revisão do Plano de Cargos e Salários, Plano de Demissão Incentivada (PDI) e concurso público.

De acordo com a comissão da Codevasf, o fato da empresa pedir exclusão dessas cláusulas, ou de outras, não significa retirar direitos e sim que alguns problemas podem ser resolvidos administrativamente.

A comissão de negociação do SINPAF lamenta a postura dos representantes da Codevasf e argumenta que “atos administrativos talvez possam resolver casos isolados, mas não garantem os direitos coletivos e muito menos que sejam cumpridos”, ressalta.

Sobre as cláusulas econômicas, o presidente do SINPAF, Julio Guerra, questionou se a empresa já tinha uma contraposta para o índice de reajuste salarial, de 5,5%, oferecido na última reunião. A Codevasf respondeu que a proposta continua a mesma em virtude da atual conjuntura de crise orçamentária e financeira.

A sexta rodada de negociação está agendada para amanhã (10/6), às 9h30, na sede da empresa.

Leia mais