Em 25 de junho, o presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro João Batista Brito Pereira, deferiu o protesto judicial do SINPAF a favor da categoria da Codevasf, prorrogando a manutenção da data-base por mais 30 dias úteis, portanto, até o dia 8 de agosto de 2018.

A decisão garante o dia 1º de maio para o cálculo do pagamento retroativo dos reajustes que forem provenientes do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2018-2019.

Clique aqui e leia o deferimento.