A Justiça do Trabalho determinou a reintegração imediata do pesquisador Zander Navarro ao quadro de empregados da Embrapa. A decisão, publicada nesta quarta-feira (31) ainda tem caráter liminar, uma ordem judicial provisória. A primeira audiência entre as partes está marcada para o dia 26 de fevereiro.

O pesquisador foi demitido no dia 8 de janeiro após publicar no jornal Estadão o artigo "Por favor, Embrapa: acorde!" com diversas críticas aos rumos da empresa e ao seu grupo gestor.

Foto: arquivo pessoal