Nas Assembleias Gerais do S INPAF, realizadas nos dias 8, 11 e 12 de dezembro, os trabalhadores da Embrapa aprovaram a proposta da vice-presidência do Tribunal Superior do Trabalho (TST) para o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2017/2018. Das 42 Seções Sindicais, 27 votaram a favor e 15 contra a proposta.

O resultado será encaminhado ao tribunal ainda nesta terça-feira (12/12), o qual, em seguida, buscará a posição da empresa para definir a homologação do acordo.

Caso a Embrapa também concorde com proposta apresentada pela vice-presidência do TST, o índice de reajuste dos salários e das cláusulas econômicas serão julgados pela Seção de Dissídios do tribunal no próximo ano, com data a ser agendada após o recesso judiciário.

Confira abaixo como foi a votação por Seção Sindical

 

Clique aqui e saiba mais sobre a proposta do TST