SINPAF não tem garantia da Embrapa de que haverá mudanças na norma de avaliação dos trabalhadores

A impressão que temos é que a Embrapa está marcando agenda com o SINPAF apenas com a intenção de juntar na petição as atas das reuniões com o Sindicato para que o MPT entenda que está acontecendo uma negociação.

Por: Vânia Ferreira | | Jurídicas

SINPAF não tem garantia da Embrapa de que haverá mudanças na norma de avaliação dos trabalhadores

Nesta terça-feira (3/2), diretores do SINPAF, Adilson Ferreira da Mota e Alexandra Wickboldt Hellwig, participaram de reunião com a Assessoria Jurídica da Embrapa para tratar sobre a Norma de Avaliação de Desempenho, que faz parte de um inquérito civil no Ministério Público do Trabalho (MPT), após denúncia feita pelo Sindicato.

Mesmo com a orientação do MPT para que a Norma seja revisada pelas partes, a assessoria jurídica da Embrapa não garantiu qualquer mudança nas regras, alegando que essa decisão depende das instâncias superiores, como a Secretaria de Desenvolvimento Institucional (SDI), a Diretoria Executiva e o Conselho de Administração (Consad).

“Na reunião,"A empresa não deu garantias de que haverá qualquer mudança da Norma de Avaliação de Desempenho. A impressão que temos é que a Embrapa está marcando agenda com o SINPAF apenas com a intenção de juntar na petição as atas das reuniões com o Sindicato para que o MPT entenda que está acontecendo uma negociação", enfatizou Adilson Mota.

A próxima reunião entre o SINPAF e a empresa ficou agendada para o próximo dia 25 de março. Segundo o diretor jurídico, Adilson Mota, caso necessário, o SINPAF tomará todas as medidas políticas e jurídicas para iniciar de fato uma negociação e produzir as alterações imprescindíveis para a melhoria da Norma de Avaliação de Desempenho.

 

Leia mais sobre o tema:

MPT atua para que a Embrapa ajuste o processo de avaliação de desempenho dos empregados

MPT intima Embrapa por denúncia do SINPAF contra norma de avaliação de desempenho

SINPAF denuncia norma de avaliação dos trabalhadores da Embrapa ao MPT

 

| Mais do Sinpaf

ACT da Embrapa é prorrogado por mais 30 dias

O SINPAF e a Embrapa acordaram a prorrogação do Acordo Coletivo de Trabalho por mais 30 dias, ou seja, com vigência até o dia 30 de junho de 2020.

Saiba mais

SINPAF envia às empresas da base sugestões de medidas emergenciais de proteção dos trabalhadores e trabalhadoras em revezamento

Nesta semana, a Diretoria Nacional do SINPAF encaminhou para as empresas da base do Sindicato sugestões de medidas emergenciais de proteção aos trabalhadores e trabalhadoras que estão em situação de revezamento, para segurança contra a contaminação da Covid-19. A diretoria, entretanto, defende o isolamento social como principal medida de segurança contra a doença, assim como o teletrabalho para aqueles que têm condições de exercerem suas funções de suas casas.

Saiba mais


ACT Embrapa 2020-2021: terceira rodada sem avanços

Mais uma vez, o presidente do SINPAF solicitou aos representantes da Embrapa a apresentação do índice econômico para reajuste de salários e benefícios. Entretanto, a empresa alegou que ainda não recebeu do governo uma proposta de índice de reajuste para as cláusulas econômicas.

Saiba mais

Acompanhe como estão as negociações do ACT 2020-2021 da Codevasf

A empresa propôs reajustar as tabelas salariais e funções gratificadas pelo índice correspondente a 20% do INPC acumulado no período compreendido entre 01/05/2019 e 30/04/2020, aplicado a partir da celebração do Acordo, sem pagamento de retroativo. 

Saiba mais

Receba notícias direto em seu e-mail:
assine nosso informativo

Fale conosco