SINPAF reúne-se com Ministro da Agricultura nesta quarta-feira (12)

Por: Vânia Ferreira | | Notícias gerais

 

 

 

O presidente do SINPAF, Carlos Henrique Garcia, o diretor de Ciência e Tecnologia, Paulo Armando, e o diretor de Saúde do Trabalhador, Nilson Carrijo, foram recebidos nesta quarta-feira (12) pelo ministro da Agricultura, Blairo Maggi, e pelo Secretário de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura (MAPA), Odilson Luiz Silva, que também é vice-presidente do Conselho de Administração da Embrapa (Consad).

A agenda foi solicitada pelo Sindicato para tratar de assuntos como o processo de seleção do novo presidente da Embrapa, projeto de reestruturação da empresa e Acordo Coletivo dos Trabalhadores (ACT).

PRESIDENTE DA EMBRAPA - No que se refere à escolha do novo gestor, o presidente do SINPAF, Carlos Henrique Garcia, elencou, em um documento entregue ao ministro (leia aqui), alguns critérios que, na avaliação do SINPAF, são indispensáveis para o perfil do novo presidente.

"Temos várias premissas básicas a apresentar, mas entendemos ser fundamental que o candidato escolhido seja do quadro efetivo de empregados da Embrapa, para garantirmos que o novo gestor seja um profundo conhecedor da empresa e de suas peculiaridades e, ainda, para evitar que sofra ingerências políticas", disse Carlos Henrique.

Odilson Silva adiantou que, dos 16 inscritos no processo de seleção para a presidência da Embrapa, três candidatos serão escolhidos e entrevistados pelo Consad.

"Nós vamos fazer uma entrevista com essas pessoas para conhecer o perfil de cada uma. Se é de amarrar ou de soltar as coisas", disse o ministro, referindo-se à gestão burocrática à qual a empresa vem sendo submetida nos últimos anos.

Ainda sobre burocracia, o diretor de Ciência e Tecnologia do SINPAF, Paulo Armando, argumentou que "esse modelo de gestão engessa a empresa e reduz a capacidade de se fazer entregas de novas tecnologias. Existem leis governamentais que devem ser cumpridas, porém, nossas normas internas e processos administrativos são fatores limitantes".

 

REESTRUTURAÇÃO - O Sindicato pediu a intercessão de Blairo Maggi e do vice-presidente do Consad, Odilon Silva, para que o processo de reestruturação em andamento seja interrompido, sendo retomado em momento oportuno com a atenção do novo governo federal, do novo presidente da Embrapa e com a ampla participação dos trabalhadores.

"Os empregados entendem que a Embrapa precisa remodelar seu padrão organizacional atual para adequar-se às mudanças e novas demandas da sociedade. No entanto, discordamos da forma que está sendo realizado, envolvendo apenas um pequeno grupo de empregados", disse o presidente do SINPAF.

Maggi e Odilon Silva responderam que esse pleito precisa ser analisado pelo Conselho Administrativo da Embrapa.

 

ACT – Os diretores nacionais também pediram o apoio e a atuação do ministro no processo de negociação do ACT 2018-2019, que vem se arrastando há meses.

O presidente do SINPAF citou empregados de estatais, como correios e bancos, que já fecharam acordo coletivo com a manutenção das cláusulas e com a reposição integral da inflação.

"Nos últimos anos, as negociações com o governo foram bastante difíceis e arrastaram-se por meses, além da data-base da categoria. Neste ano, as negociações continuam no mesmo ritmo, no entanto, queremos avançar e fechar o ACT, sem que seja necessário novamente o envolvimento do Tribunal Superior do Trabalho (TST)", disse Carlos Henrique. 

Blairo Maggi se comprometeu a discutir com o Ministério do Planejamento e encaminhar ao ministro um documento com o objetivo de dar celeridade às negociações.

O SINPAF também entregou nas mãos do ministro da agricultura um documento sobre o ACT 2018-2019. (clique aqui e leia).

| Mais do Sinpaf

Mentiras e acusações infundadas enfraquecem a representatividade do SINPAF

Impugnações de urnas acontecem nos mais diversos processos eleitorais e não é novidade alguma para o SINPAF em eleições anteriores, especialmente quando há divergência entre o número de cédulas depositadas nas urnas e o documento que comprova o comparecimento dos eleitores à votação, por exemplo. 

Saiba mais

Diretoria Nacional e Auditoria Fiscal Nacional tomaram posse nesta terça-feira (1º/10)

"Ressalto a importância dos trabalhos realizados pelos membros da CEC, apesar de todas as dificuldades encontradas, principalmente a falta de liberação para comparecer às reuniões em Brasília. Mesmo assim, a CEC se dedicou intensamente à realização e conclusão do processo eleitoral nos prazos estabelecidos pelo Regimento".

Saiba mais

CEC divulga ata com resultado dos recursos das Eleições SINPAF 2019

 Durante a análise, a CEC também decidiu impugnar e anular os votos da Seção Sindical de Sete Lagoas, por propaganda eleitoral extemporânea e irregular, além de uso indevido da estrutura sindical, fato proibido pelo Estatuto do SINPAF.

Saiba mais

Diretoria Nacional publica prestação de contas da gestão 2016-2019

Atualmente, o SINPAF tem um superávit de R$ 89.767,13 e um saldo em contas bancárias de R$ 3.889.062,71. O superávit é o valor que sobra da receita após o pagamento das despesas.

Saiba mais

CEC divulga ata do resultado das Eleições SINPAF 2019

A Comissão Eleitoral Central divulgou, nesta sexta-feira (27/9), a ata do resultado das eleições para a Diretoria Nacional e Auditoria Fiscal Nacional do SINPAF, triênio 2019 – 2022.

Saiba mais

Receba notícias direto em seu e-mail:
assine nosso informativo.

Fale conosco