16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra Mulheres

Por: Camila Bordinha em Quarta, 20 Novembro 2019 | Categoria: Notícias gerais

O Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2019, realizado pelo Fórum de Segurança com dados de 2018, informa que 263.067 mulheres foram vítimas de lesão corporal dolosa (intencional), com um registro de violência a cada 2 minutos.

Ao todo, 1.206 mulheres foram vítimas de feminicídio, sendo que em 88% dos casos o autor foi o próprio companheiro ou ex-companheiro. Entre as mulheres mortas, 61% são negras.

A publicação mostra, ainda, que em 2018 foram anotados 66.041 casos de estupro (81,8% de vítimas do sexo feminino), o maior índice já registrado no País.

Para combater essas práticas, entre outras violências, começa hoje (20/11) a campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra Mulheres”, que é uma mobilização global da sociedade civil organizada realizada desde 1991. No Brasil, a ação dura 21 dias, já que se encerra em 10 de dezembro (Dia Internacional dos Direitos Humanos).

O objetivo é sensibilizar e estimular o ativismo, alertando e instruindo as pessoas para o enfrentamento e à prevenção da violência contra mulheres e meninas do mundo todo.

O SINPAF aderiu à campanha e irá publicar toda semana, até 10/12, informações sobre as várias formas de Violência contra a mulher que precisam ser combatidas.

Faça parte dessa corrente, caso identifique qualquer violência contra mulher, disque 180 e denuncie.