SINPAF e Codevasf assinam acordo coletivo 2018-2020

Para o ACT com data-base em 1º de maio de 2018, o reajuste será de 1,69%, INPC integral desse período, aplicado sobre os salários a partir de janeiro de 2019 e, o ACT com data-base em 1º de maio de 2019, o índice de reajuste sobre os salários será de 70% do INPC desse ano (5,07%), o que corresponde a 3,55%. 

Por: Vânia Ferreira | | Notícias gerais

SINPAF e Codevasf assinam acordo coletivo 2018-2020

Em audiência no Tribunal Superior do Trabalho (TST), nesta segunda-feira (1º de julho), o SINPAF e a Codevasf assinaram o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) do período de 1º/5/2018 a 30/4/2020, conforme deliberação da categoria em assembleias gerais realizadas nos dias 25 e 26 de junho.

As cláusulas sociais serão mantidas integralmente, com vigência até 30/4/2020.

REAJUSTES – Para o ACT com data-base em 1º de maio de 2018, o reajuste será de 1,69%, INPC integral desse período, aplicado sobre os salários a partir de janeiro de 2019.

Porém, esse reajuste não recairá sobre as funções gratificadas e cargos comissionados, os quais terão seus valores congelados no período de 1º de maio de 2018 a 30 de abril de 2019.

Já para o ACT com data-base em 1º de maio de 2019, o índice de reajuste sobre os salários será de 70% do INPC desse ano (5,07%), o que corresponde a 3,55%.

Nesse caso, haverá retroatividade à data-base da categoria (1º de maio) e aplicação de reajuste sobre funções gratificadas e cargos comissionados.

AUDIÊNCIA – Durante a audiência, o presidente do SINPAF, Carlos Henrique Garcia, considerou que, apesar de todo o esforço do TST, o Acordo Coletivo não contempla totalmente a expectativa da categoria.

O Ministro Renato de Lacerda Paiva reiterou que, de fato, nesse momento político não há espaço para avançar, mas que os trabalhadores precisam permanecer firmes em “suas trincheiras”.

“Quero agradecer pela existência dos sindicatos. Eu quero negociar com sindicatos fortes e representativos como o SINPAF e encontrar a melhor solução para os conflitos", ponderou o vice-presidente do TST.

Clique aqui e leia o ACT assinado. 

 

 

 

| Mais do Sinpaf

Mentiras e acusações infundadas enfraquecem a representatividade do SINPAF

Impugnações de urnas acontecem nos mais diversos processos eleitorais e não é novidade alguma para o SINPAF em eleições anteriores, especialmente quando há divergência entre o número de cédulas depositadas nas urnas e o documento que comprova o comparecimento dos eleitores à votação, por exemplo. 

Saiba mais

Diretoria Nacional e Auditoria Fiscal Nacional tomaram posse nesta terça-feira (1º/10)

"Ressalto a importância dos trabalhos realizados pelos membros da CEC, apesar de todas as dificuldades encontradas, principalmente a falta de liberação para comparecer às reuniões em Brasília. Mesmo assim, a CEC se dedicou intensamente à realização e conclusão do processo eleitoral nos prazos estabelecidos pelo Regimento".

Saiba mais

CEC divulga ata com resultado dos recursos das Eleições SINPAF 2019

 Durante a análise, a CEC também decidiu impugnar e anular os votos da Seção Sindical de Sete Lagoas, por propaganda eleitoral extemporânea e irregular, além de uso indevido da estrutura sindical, fato proibido pelo Estatuto do SINPAF.

Saiba mais

Diretoria Nacional publica prestação de contas da gestão 2016-2019

Atualmente, o SINPAF tem um superávit de R$ 89.767,13 e um saldo em contas bancárias de R$ 3.889.062,71. O superávit é o valor que sobra da receita após o pagamento das despesas.

Saiba mais

CEC divulga ata do resultado das Eleições SINPAF 2019

A Comissão Eleitoral Central divulgou, nesta sexta-feira (27/9), a ata do resultado das eleições para a Diretoria Nacional e Auditoria Fiscal Nacional do SINPAF, triênio 2019 – 2022.

Saiba mais

Receba notícias direto em seu e-mail:
assine nosso informativo.

Fale conosco