Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário

Embrapa continua tentativa de iludir trabalhadores com reajuste abaixo da inflação

13 de junho de 2016

Mais uma matéria foi divulgada pela Embrapa para ludibriar o trabalhador com um “pacotaço” de desrespeito, e o pior ainda é utilizar a crise financeira do País como cenário para práticas abusivas e antissindicais.

O índice de 8,28% oferecido pela empresa está abaixo da inflação (9,28%). Além disso, é fruto de uma atitude intransigente e de imposição para fechamento de um ACT que não atende aos anseios da categoria.

Trabalhador, não se engane! A proposta da Embrapa mais parece um Cavalo de Troia, ou seja, uma armadilha em forma de presente.

Ao contrário do que afirma a empresa, o SINPAF NÃO “pede mais discussão à proposta” e sim que as cláusulas do ACT 2016/2017 sejam integralmente negociadas à exaustão com a garantia de avanços para os trabalhadores, inclusive as cláusulas sociais.

Existem, também, na proposta encaminhada pela Embrapa, Cláusulas colocadas na mesa, mas que não foram finalizadas com consenso entre as partes e mesmo assim a empresa incluiu no “pacotaço”, atendendo à sua conveniência, com novas redações que podem, inclusive, diminuir direitos já conquistados.

Outro fato, que o SINPAF repudia, é o posicionamento da empresa em querer ditar as regras para o fechamento do Acordo Coletivo. A Embrapa precisa entender que o sindicato é representante legítimo da categoria e não obedece às ordens da diretoria da empresa.

Em reuniões informativas já realizadas em algumas unidades da Embrapa, os trabalhadores estão em total apoio à decisão da Comissão de Negociação do SINPAF em rejeitar a proposta.

Ressaltamos mais uma vez que a Comissão Nacional de Negociação do SINPAF foi eleita pelos representantes dos trabalhadores e devidamente aprovada pela categoria, portanto, possui autonomia para recusar qualquer proposta que não esteja de acordo com as necessidades dos empregados.

Leia mais