100% das contas das Seções Sindicais de 2019 a 2021 foram analisadas pela Auditoria Fiscal Nacional do SINPAF

Por: Camila Bordinha em Terça, 21 Junho 2022 | Categoria: Notícias gerais

Mesmo com todas as dificuldades demandadas pela pandemia da Covid-19, que até hoje impacta na rotina das trabalhadoras e dos trabalhadores e na economia mundial, a Auditoria Fiscal Nacional (AFN) do SINPAF recebeu e analisou 100% das prestações de contas das Seções Sindicais (SS) dos exercícios de 2019, 2020 e 2021. Esses resultados foram apresentados na 21ª Plenária Nacional, que ocorreu entre os dias 3 e 5 de junho deste ano.

Conforme lembrou a auditora, Leny Machado, foi preciso aguardar uma redução nos casos de Covid-19, que os órgãos de controle pandêmico liberassem voos e hospedagens, além de tomarem o cuidado de só se deslocarem quando todos os membros da AFN tivessem tomado pelo menos a segunda dose da vacina contra a doença.

“Nessa situação, foi correr contra o tempo e concluir a auditagem do exercício de 2019, que já tínhamos começado no início do mandato, em outubro de 2019, e então começarmos as auditagens dos exercícios de 2020 e 2021. Foi um trabalho árduo e todos os seis auditores assumiram o compromisso para, finalmente, concluir os 3 relatórios em tempo hábil para serem apresentados na 21ª Plenária Nacional.

Leny Machado, que já exerce o cargo há 9 anos, destacou que a AFN ter recebido todas as contas das Seções Sindicais para serem analisadas é um fato inédito. “Além disso, todos os três relatórios apresentados foram aprovados quase por unanimidade na Plenária Nacional”, lembrou.

De acordo com o auditor Eli Gusmão, “o sucesso nas auditagens deve-se à conscientização dos dirigentes sindicais em cumprir os prazos estabelecidos no Manual de Procedimentos do SINPAF, ao comprometimento em atender, com documentos ou mesmo com justificativas, as inconformidades apontadas nos pré-relatórios enviados aos presidentes das Seções Sindicais e ao apoio logístico fornecido pela Diretoria Nacional para que pudéssemos desempenhar nosso trabalho. Sem esse apoio, nada seria possível.”

Nesse processo, a AFN também ressalta que foram resolvidas pendências antigas de várias Seções Sindicais, como por exemplo a SS Bom Jesus da Lapa, que estava com os repasses bloqueados há mais de 5 anos e hoje está com o problema totalmente resolvido.

Leny também explicou como foi importante o trabalho da AFN para o Sindicato e seus filiados ao longo destes últimos três anos.  “Nas auditagens realizamos um verdadeiro resgate de todas as despesas ocorridas nos cofres da instituição. Podemos dizer que foram ‘três anos passados a limpo’, com fatos esclarecidos e resolvidos, conforme reza o parecer da Auditoria, que consta na ata da 21ª Plenária Nacional, trazendo confiança e segurança aos filiados que contribuem para que o SINPAF continue desempenhando suas atribuições estatutárias.”

RELATÓRIOS

Veja abaixo o resumo dos resultados dos relatórios de cada exercício:

Em 2019, a AFN analisou 624 prestações de contas, das Seções Sindicais e da Diretoria Nacional do SINPAF. Houve 12 prestações de contas sem análises por se tratar de uma seção em fase de extinção.
Em 2020, a AFN analisou 612 prestações de contas, das Seções Sindicais e da Diretoria Nacional do SINPAF. Houve 24 prestações de contas sem análises por se tratar de uma seção em fase de extinção e outra com o ordenador de despesas com doença grave nesse período.
Em 2021, a AFN analisou 564 prestações de contas, das Seções Sindicais e da Diretoria Nacional do SINPAF. Houve 72 prestações de contas sem análises, por se tratar de uma seção em fase de extinção e 5 seções com ausência/inexistências de diretorias, as quais estão com seus repasses mensais bloqueados.

Entenda:

Os gráficos apresentados são criados através do Power BI, que é uma ferramenta criada pela Microsoft e que coleciona vários softwares, aplicativos e conectores que juntos fornecem a possibilidade de transformar as fontes de dados coletados, de um determinado período, em informações com resultados visualmente interativos, por meio de painéis montados pela AFN.

Sem análise - é o quantitativo de prestações de contas das Seções Sindicais que estão até o momento, impossibilitadas de apresentarem suas prestações de contas.

Impossibilitadas - corresponde às seções sindicais que por motivos alheios, tais quais doença grave do ordenador das despesas, ausência/inexistência de diretoria, e possível extinção da SS, deixaram de apresentarem suas prestações de contas referentes ao período auditado.

Com citações – é o quantitativo de seções sindicais que apresentam inconformidades em suas prestações de contas naqueles exercícios, e que necessitam de justificativas, correções e/ou comprovações, por parte dos seus ordenadores de despesas.