Auditoria Fiscal Nacional reúne-se em Brasília para analisar prestação de contas do SINPAF

Auditoria Fiscal Nacional reúne-se em Brasília para analisar prestação de contas do SINPAF

Por: Vânia Ferreira | | Notícias gerais

Os seis auditores da Auditoria Fiscal Nacional do SINPAF (AFN) estão reunidos na sede do Sindicato, em Brasília, de 18 a 22/10, para finalizar as auditagens das prestações de contas da Diretoria Nacional e das 52 Seções Sindicais, referentes aos exercícios de 2019 e 2020.

De acordo com Leny Machado, presidente da AFN, a pandemia atrasou a análise das prestações de contas, porém com a vacinação dos integrantes e seguindo todas as medidas protocolares da pandemia, o grupo se empenhará nesta semana para concluir os trabalhos.

“A nossa atividade precisa ser feita presencialmente. São, anualmente, 636 prestações de contas para serem analisadas dentro dos critérios de independência e imparcialidade, conforme compromisso assumido pela AFN”, disse.

Leny ressalta ainda que o papel da Auditoria Fiscal é fazer a análise e o acompanhamento de todas as prestações de contas, com averiguação de inconsistências que precisam ser corrigidas ou justificadas pela Diretoria Nacional e Seções Sindicais.

“A cada ano que passa, observamos que os dirigentes sindicais estão cada vez mais conscientes e comprometidos com o uso do dinheiro do filiado/a e com os padrões contábeis recomendados pelo Manual de Procedimentos Financeiros e pelo Estatuto do SINPAF, como também pelas recomendações constantes nos relatórios da AFN, aprovados nas Plenárias Nacionais”, explicou.

De acordo com auditor Eli Gusmão, o 10º e o 11º Congressos Nacionais do SINPAF aprovaram a seguinte recomendação: “bloqueio dos repasses e qualquer outro benefício que as seções sindicais detenham ou possam vir a ter, até serem sanadas todas as pendências junto ao setor financeiro da Diretoria Nacional”.

Com isso, o auditor orienta que todas as Seções Sindicais que estão com suas prestações de contas em atraso, dos exercícios de 2019, 2020 e 2021, regularizem o mais breve possível e enviem à sede da Diretoria Nacional para auditagem, sob pena de serem citadas no relatório final da Auditoria Fiscal Nacional.

Clique aqui e conheça os auditores fiscais nacionais do SINPAF. 

Receba notícias direto em seu e-mail:
assine nosso informativo

Fale conosco