Assédio Moral contra trabalhadores da Embrapa será discutido ao vivo pela TV SINPAF na próxima quarta-feira (20/10)

Assédio Moral contra trabalhadores da Embrapa será discutido ao vivo pela TV SINPAF na próxima quarta-feira (20/10)

Por: Camila Bordinha | | Notícias gerais

O assédio moral organizacional na Embrapa já foi reconhecido pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), caracterizando o problema como sistêmico, recorrente e histórico na empresa. E essa prática tem se intensificado nos últimos anos.

Diversos relatos e denúncias apontam que chefias de diferentes instâncias gerenciais vêm assediando pesquisadoras(es) e analistas, tentando tolher, principalmente, o espírito crítico e contestador, características intrínsecas e desejáveis numa empresa de pesquisa. Essa prática reduz o poder criativo, a motivação e a essência do trabalho realizado, impactando inclusive na saúde física e emocional dessas(es) trabalhadoras(es).

Para debater as formas de combater esse problema, o SINPAF vai realizar, na próxima quarta-feira, 20 de outubro às 10h, uma live com especialistas no assunto, que será transmitida ao vivo pela TV SINPAF e pelo Facebook da Diretoria Nacional do Sindicato.

O evento contará com a participação da procuradora do MPT/SP, Adriane Reis de Araújo; do professor da UMESP, Bruno Chapadeiro Ribeiro; e do pesquisador e membro da Comissão Permanente de Prevenção e Combate ao Assédio Moral (CPPCAM) da Embrapa, Cherre Sade Bezerra da Silva. Também participarão os diretores do SINPAF Marcus Vinícius Sidoruk Vidal (presidente) e Mário Urchei (diretor de Ciência e Tecnologia), que farão a abertura do evento; e a secretária-geral, Dione Melo, mediadora do debate.

Entre os diversos tópicos discutidos no evento, será abordada a atuação da CPPCAM, já que a comissão tem encontrado dificuldades objetivas e materiais para combater o assédio nas dependências da Embrapa.

Formada por sete membros eleitos pelos trabalhadores da Embrapa, a CPPCAM é uma conquista da categoria, resultante da decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST), em virtude de uma ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT-DF), após denúncias sobre práticas de assédio moral.

Para assistir à live sobre o Combate ao Assédio Moral na Embrapa, clique nos links:

Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=qYJnnkLKrag

Facfebook: https://www.facebook.com/333966773377164/posts/4596112483829217/

Participe, vamos entender para combater o assédio moral organizacional!

Receba notícias direto em seu e-mail:
assine nosso informativo

Fale conosco