ACT Codevasf 2020-2021

Importantes cláusulas sociais já foram acordadas, algumas delas com uma redação que implica em respostas mais rápidas da empresa em benefício do trabalhador. As cláusulas com repercussão econômica, entretanto, serão negociadas posteriormente. Porém, a CNN do Sindicato já solicitou à empresa que apresente um índice econômico na próxima reunião, marcada para o dia 28 deste mês, às 15h, por videoconferência.

Todos os trabalhadores e trabalhadoras da Codevasf, filiados (as) ou não ao SINPAF, podem votar, das 00h01 do dia 9/12 (quarta-feira) até às 23h59 do dia 10/12 9(quinta-feira), na proposta para o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2020-2021, apresentadapelo vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Luiz Philippe Vieira de Mello Filho.

A votação será realizada por meio de link, login e senha individuais, que foram enviados para o e-mail corporativo de cada trabalhador (a), pelo sistema virtual “Vota Bem”, da empresa BSYS Digital, contratada pelo SINPAF. Para isso, basta ter acesso a um computador ou celular com internet.

O SINPAF esclarece ainda que, em respeito ao Estatuto do SINPAF, os votos serão contabilizados por Seção Sindical, da mesma forma como é feita na Assembleia Geral presencial em tempos normais.

 

CONHEÇA A PROPOSTA DO TST:

Clique aqui para ler a proposta completa.

A negociação do ACT da Codevasf 2020-2021 foi ajuizada no TST pelo SINPAF porque, depois de negociar todas as cláusulas sociais e assinar, inclusive, a garantia da data-base da categoria, ao consultar o governo sobre um índice para reajuste das cláusulas econômicas, a Comissão de Negociação da empresa retroagiu no que já havia sido negociado e propôs a exclusão de cláusulas históricas da categoria.

A proposta do TST mantém a maior parte do ACT vigente por um ano, inclusive o 13° tíquete alimentação que a empresa propôs retirar e que foi prontamente recusado pelo Sindicato. A mudança ocorreu somente com a exclusão de um parágrafo da cláusula de diárias de viagens, assim como manteve a vedação dos reajustes econômicos e salarial, por força da Lei Complementar 173, de 27 de maio de 2020.

A construção dessa proposta de ACT se deve aos esforços da Comissão Nacional de Negociação (CNN) e da Diretoria Nacional (DN) do SINPAF, primeiramente junto à empresa, e, posteriormente, diante dos impasses apresentados, dificuldades e limitações políticas e econômicas impostas pelo atual governo federal, junto à mediação do TST. 

Dessa forma, a CNN e a DN orientam, por maioria de seus membros, pela aprovação da proposta de ACT 2020-2021.

 

ENTENDA MELHOR O PROCESSO DE NEGOCIAÇÃO:

Para que os trabalhadores e trabalhadoras entendam melhor a proposta final, o SINPAF preparou um histórico resumido das Negociações. Para lê-lo, basta clicar aqui.

Caso deseje acessar as informações completas registradas nas atas das reuniões entre as Comissões de Negociação do SINPAF e da Embrapa, e a Pauta de Reivindicação, clique aqui.

 

A consulta à categoria sobre a proposta para fechamento do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) Codevasf 2020-2021, apresentada pelo vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Luiz Philippe Vieira de Mello Filho, começa às 00h01 do dia 9/12 e segue até às 23h59 do dia 10/12.

A assembleia virtual será realizada pelo sistema virtual “Vota Bem”, da empresa BSYS Digital, contratada pelo SINPAF. Para votar, o (a) trabalhador (a) receberá um link, login e senha individuais em seu e-mail, que poderá ser acessado por um computador ou celular com internet.

Em respeito ao Estatuto do SINPAF, os votos serão contabilizados por Seção Sindical, da mesma forma como é feita na Assembleia Geral presencial em tempos normais.

 

CONHEÇA A PROPOSTA DO TST:

A negociação do ACT da Codevasf 2020-2021 foi ajuizada no TST pelo SINPAF porque, depois de negociar todas as cláusulas sociais e assinar, inclusive, a garantia da data-base da categoria, ao consultar o governo sobre um índice para reajuste das cláusulas econômicas, a Comissão de Negociação da empresa retroagiu no que já havia sido negociado e propôs a exclusão de cláusulas históricas da categoria.

A proposta do TST mantém a maior parte do ACT vigente por um ano, inclusive o 13° tíquete alimentação que a empresa propôs retirar e que foi prontamente recusado pelo Sindicato. A mudança ocorreu somente com a exclusão de um parágrafo da cláusula de diárias de viagens, assim como manteve a vedação dos reajustes econômicos e salarial, por força da Lei Complementar 173, de 27 de maio de 2020.

Clique aqui para ler a proposta completa.

 

ENTENDA MELHOR O PROCESSO DE NEGOCIAÇÃO:

Para que os trabalhadores e trabalhadoras entendam melhor a proposta final, o SINPAF preparou um histórico resumido das Negociações. Para lê-lo, basta clicar aqui.

Caso deseje acessar as informações completas registradas nas atas das reuniões entre as Comissões de Negociação do SINPAF e da Embrapa, e a Pauta de Reivindicação, clique aqui.

 

“Mesmo com a pandemia do coronavírus e conjuntura adversa, o SINPAF está ativo para lutar pelos direitos dos trabalhadores. Estamos em um período de restrições econômicas e até sanitárias, mas a nossa luta precisa continuar”, enfatizou o presidente do SINPAF, Marcus Vinicius Sideruk Vidal.

Receba notícias direto em seu e-mail:
assine nosso informativo

Fale conosco