Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário

20ª Plenária Regional Centro-Oeste debate Planos de Benefícios e de Saúde dos trabalhadores da Embrapa

30 de março de 2016

Nesta quarta-feira (30/3), durante a 20ª Plenária Regional Centro-Oeste, os representantes da Ceres, Mônica Albuquerque, e da Casembrapa, Cássio Curi, esclareceram diversas dúvidas dos participantes sobre os Planos de Benefícios e de Saúde dos trabalhadores da Embrapa.

Mônica explicou sobre a situação financeira do plano de benefícios e sobre as novas regras para aposentadoria como, por exemplo, a Regra 85/95, que estabelece a progressividade com base na expectativa de sobrevida dos brasileiros.

De acordo com a regra, o empregado que não atingir a idade mínima, mas possuir tempo de contribuição, aplica-se o fator previdenciário, que reduz o valor do benefício. O recebimento do benefício integral só é possível quando se atinge dois requisitos: tempo de contribuição e idade mínima (85 anos para mulher e 95 para homem).

À tarde, o diretor administrativo da Casembrapa, Cássio Curi, explicou sobre o novo modelo de gestão e a atual situação financeira do plano de saúde dos trabalhadores da Embrapa.

Conforme explicou Curi, a instituição regularizou receitas e despesas e já implementa um novo plano de melhoramento na estrutura administrativa e na parceria com a rede médica.

Os delegados e convidados aproveitaram o momento para esclarecer sobre falhas de atendimento e exclusão de cerca de dois mil trabalhadores do Plano de Saúde pela diretoria da Casembrapa.

 

Leia mais